Buscar
  • Roberto Maxwell

Lendas e fé num dos lugares mais misteriosos do Japão


Existem lugares no mundo predestinados a ganhar uma aura mística. Imagina só uma terra de solo branco, seco, cheia de fumarolas que eclodem como espinhas na cara de adolescentes. E que delas saiam vapores quentes de enxofre cujo odor contamina tudo ao redor.

A água que brota desse solo é igualmente sulfurosa e muito aquecida. Ela verte em pequenos canais, muitos deles efêmeros, para um lago imenso no qual quase nenhuma forma significante de vida sobrevive. Tudo isso, estranhamente, cercado por montanhas verdes e cheias de vida.

Computação gráfica? Cenário de filme? Imaginação do escritor? Não, este é o Osorezan, um dos mais fascinantes e míticos lugares do Japão que você vai conhecer neste vídeo exclusivo do Tabiji. Confere!

SERVIÇO

como chegar A estação ferroviária mais próxima de Osorezan é Shimokita, da linha JR Ominato. Embarque no Tohoku Shinkansen em Tokyo e siga até Hachinohe. De lá, alguns trens seguem direto para Shimokita e Ominato, passando pela Aomori Railway. Quando não for possível, faça a transferência para a linha Ominato pode ser feita em Noheji. A conexão entre a estação e o centro da cidade de Mutsu com o Osorezan é feita de ônibus. São poucos horários por dia em ambos os sentidos.

onde ficar A maior parte dos hotéis fica no centro da cidade de Mutsu distante cerca de 20 minutos da estação de Shimokita. No entanto, é possível uma experiência mais imersiva. O Bodaiji oferece shukubo, a estadia no templo. Porém, é preciso participar dos rituais e respeitar os preceitos budistas. A reserva pode ser feita pelo telefone 0175-22-3825.

quanto custa A entrada no Bodaiji custa ¥500 e o banho no onsen está incluido. A estadia no templo, ou shukubo, fica em cerca de ¥12 mil, com a refeição shojin, que é vegetariana, incluída.

quando ir Visitas são permitidas de 1º de maio a 31 de outubro. O Bodaiji organiza dois festivais por ano. O mais importante é realizado entre 20 e 24 de julho. No outono, outro evento coincide com o feriado do Taiiku no Hi (体育の日), o dia dos esportes, mais o fim-de-semana que o antecede, em outubro.

#religiosidade #natureza #Aomori #fotografia #vídeo #rotas #história

0 visualização
© 2017 por Tabiji/Roberto Maxwell. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por