Tabe+: Panqueca à japonesa? Não. Mas pode chamar de okonomiyaki


Sempre digo que o okonomiyaki é um prato japonês que os brasileiros deviam conhecer melhor. Trata-se de uma espécie de panqueca frita. À massa, que é feita de farinha de trigo, se acrescenta um monte de coisas: do essencial caldo feito de peixes e rico em umami ao macarrão sobá, se estamos falando do estilo consagrado em Hiroshima. Nessa mistureba está a raiz do nome do prato. ‘Okonomi’ quer dizer ‘ao seu gosto’. Ou seja, o okonomiyaki, em essência, leva o que achar que deve ter. (‘Yaki’, para saciar os curiosos, significa ‘fritura’ ou ‘grelhagem’.)

O Kiji é um restaurante de okonomiyaki que surgiu em Osaka e, por isso, a maioria dos pratos segue o estilo servido é o da região, que não leva macarrão na massa. Os comensais sentam em mesas com uma chapa quente mas, para alegria de uns e desapontamento de outros, o okonomiyaki já chega à mesa pronto. Isso porque muitos restaurantes oferecem a massa e os adicionais crus para que o prato seja finalizado na mesa.

A vantagem do sistema do Kiji é que você come o prato com o sabor que o chef imaginou. E, no caso em questão, ser assim é essencial já que as receitas do Kiji são balanceadas e interessantes. O Sujiyaki é um exemplo. ‘Suji’ são os tendões que contêm gordura e colágeno. Este sabor estabelece um diálogo com a cebolinha e os molhos que finalizam o prato trazendo um equilíbrio que muitas vezes se perde no excesso de ingredientes do okonomiyaki. (O prato ainda leva ovo!) Nas mãos de um de nós, reles mortais à mesa, o bagullho tinha grandes chances de virar uma gororoba.

São tantas opções de prato que fica difícil de escolher. Mas uma que pode agradar o paladar brasileiro é o Buta-cheese, que leva queijo e carne de porco. Além disso, o Kiji é uma boa oportunidade para provar o yakissoba no estilo japonês. É diferente do sabor brasileiro mas vale muito a pena.

Em Tóquio, o restaurante tem duas filiais. Visitamos a que fica em Marunouchi, num dos subterrâneos entre as estações de Tokyo e Yurakucho. Além do ambiente aconchegante, o local é amigável a estrangeiros, com cardápio em inglês, o que facilita muito na difícil tarefa de escolher um okonomiyaki que faça jus ao nome do prato, ou seja, que seja do gosto de cada um.

Confira imagens de outros pratos no vídeo.

localização: goo.gl/maps/AxqT25Kx8fs site: www.o-kizi.jp/marunouchi.html

Quer mais dicas de restaurantes em Tóquio? Acompanhe a página Tabe+ no Facebook e no Instagram:

www.facebook.com/tabemaisguide/ www.instagram.com/tabemais/

#Tabe #gastronomia #Tóquio

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • YouTube Social  Icon
RSS Feed
© 2017 por Tabiji/Roberto Maxwell. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por