Buscar
  • Roberto Maxwell

Que tal experimentar o melhor do ocidente e do oriente nesta guest house em Kyoto?


Que Kyoto é um dos lugares do Japão mais bacanas para conhecer as tradições e o refinamento nipônico, a gente já sabia. E a coisa está ficando ainda mais sofisticada quando o assunto é guest house. A cidade está vivendo um boom neste estilo de acomodação e o mais legal é que o movimento está levando à restauração e preservação dos machiya, residências urbanas dos Períodos Taisho e Showa, algumas com mais de uma centena de anos de história.

Localizada em um ponto estratégico, de 15 a 20 minutos de caminhada tanto para a estação de Kyoto quanto para o popular Rio Kamo, o Kyoto Knot Vacation House é uma dessas residências. A casa, que completou exatos 100 anos de existência, ganhou uma nova roupagem interna que, contudo, respeita os limites tradicionais da construção, sem deixar de oferecer conforto para os hóspedes do dia de hoje.

São dois andares. No primeiro, uma cozinha ampla e muito funcional é o espaço ideal para quem gosta de aproveitar a viagem para cozinhar com ingredientes locais e fazer jantares íntimos ou para a família. Detalhe: toda a parte de carpintaria foi feita a mão pelos atuais administradores da casa. Neste piso fica também o banheiro, com uma elegante banheira e a vista para o pequeno jardim de pedras que fica nos fundos da residência. Tudo pensado para ser uma fusão entre estilos ocidentais e tradicionais do Japão.

O segundo andar é dedicado aos espaços privados. Aqui, também, vale a máxima do encontro entre culturas. Com seus futons super confortáveis e decoração minimalista, o dormitório é no mais tradicional estilo japonês. O espaço amplo conta, ainda, com uma mesinha de chão, também comum em ambientes tradicionais japoneses e ideal para um bate-papo regado a chá verde ou saquê quente ou, ainda, para um café da manhã a dois.

Já o cômodo vizinho é uma sala no estilo ocidental, com um confortável sofá de couro e uma cadeira de balanço. O espaço conta ainda com uma pequeníssima biblioteca e é super convidativo para a leitura.

Moe, a administradora da casa, é uma mulher super bem humorada e, além disso, é massoterapeuta. Ou seja, como se não fosse suficientemente relaxante o ambiente, é possível ter a regalia de fazer massagem profissional.

Quem se hospeda na casa também tem a chance de fazer experiências de shodo, a caligrafia japonesa. Ambos os serviços, que fique claro, não estão incluídos nas taxas de hospedagem.

Se a experiência local for a tônica da sua viagem, o Kyoto Knot Vacation House vai te oferecer, sem dúvida, uma grande oportunidade de sentir as vibrações tradicionais de Kyoto num bairro tranquilo e longe das hordas de turistas. Confira o site da casa para mais informações e para a reserva.

#hospedagem #Kyoto #experiência

0 visualização
© 2017 por Tabiji/Roberto Maxwell. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por